CITOGENÉTICA DE 4 ESPÉCIES DE ARANHAS ENTELEGINAS PERTENCENTES AS FAMÍLIAS ARANEIDAE, CORINNIDAE E TRECHALEIDAE (ARANEOMORPHAE) DO PARQUE NACIONAL DE ILHA GRANDE (PARANÁ, BRASIL)

Autores

  • Viviane Fagundes de Mattos
  • Douglas Araujo

Resumo

Em muitas famílias de aranhas os registros cariológicos estão restritos a poucas espécies, dificultando o estabelecimento de relações evolutivas. Assim, é fundamental a análise de outros gêneros pela citogenética. O objetivo deste trabalho é caracterizar Parawixia kochi, Parawixia sp. (Araneidae), Trachelas sp. (Corinnidae) e Neoctenus comosus (Trechaleidae), coletados na Ilha São Francisco (24º00’32.40”S/54º09’52.18”O), Parque Nacional de Ilha Grande, Paraná, em relação ao número diplóide, morfologia cromossômica e sistema cromossômico sexual, comparando os dados com aqueles da literatura. Preparações cromossômicas foram obtidas de testículos de um macho de Parawixia kochi, um macho de Parawixia sp., um macho de Trachelas sp. e ovários de uma fêmea de Neoctenus comosus, submetidos a tratamento com colchicina, hipotonização, fixação e coloração com solução de Giemsa. Análise de diplótenos de Parawixia kochi e Parawixia sp. mostrou fórmula meiótica 10II+X1X2 (2n=22) e 11II+X1X2 (2n=24), respectivamente. Diplótenos de Trachelas sp. apresentaram 10II+X1X2 (2n=22). Nesta última foram observados cromossomos heteropicnóticos positivos (X1X2). Metáfases oogoniais de Neoctenus comosus revelaram 2n=22, com cromossomos exclusivamente subtelocêntricos. Os cromossomos sexuais desta espécie não apresentaram características que permitissem diferenciá-los dos demais. Este é o primeiro estudo citogenético nos gêneros Parawixia e Neoctenus. A diferença no número diplóide permite distinguir citogeneticamente as espécies Parawixia sp. e Parawixia kochi. Esta última espécie mostrou o primeiro registro de 2n=22 para Araneidae. Dentre os três gêneros de Corinnidae já cariotipados, Trachelas é o único com número diplóide diferente de 2n=26. O número diplóide de 2n=22 encontrado em Neoctenus comosus é o mais baixo para Trechaleidae até o momento. Palavras-chave: Cromossomos, Araneae, Entelegynae, Sistema Cromossômico Sexual, Meiose.

Downloads

Publicado

14/10/2015

Como Citar

Fagundes de Mattos, V., & Araujo, D. (2015). CITOGENÉTICA DE 4 ESPÉCIES DE ARANHAS ENTELEGINAS PERTENCENTES AS FAMÍLIAS ARANEIDAE, CORINNIDAE E TRECHALEIDAE (ARANEOMORPHAE) DO PARQUE NACIONAL DE ILHA GRANDE (PARANÁ, BRASIL). ANAIS DO ENIC, 1(1). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/enic/article/view/1151

Edição

Seção

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE