CARACTERIZAÇÃO CITOGENÉTICA EM Poptella paraguayensis (CHARACIDAE, STETHAPRIONINAE) DO CÓRREGO DO ONÇA, AFLUENTE DO TAQUARI, MUNICÍPIO DE COXIM, MS

Greicy Ellen de Brito Ferreira, Margarida Maria de Rossi Vieira

Resumo


A subfamília Stethaprioninae é composta por peixes de pequeno porte, de corpo alto e muito comprido, com uma distribuição ao longo da America do Sul. Poptella possui um espinho dorsal que caracteriza esse gênero. A espécie Poptella paraguayensis anteriormente era identificada como Ephippicharax paraguayensis e é conhecida popularmente como “saia branca”. Foram analisados citogeneticamente exemplares de P. paraguayensis coletados no Córrego do Onça, afluente do Rio Taquari, município de Coxim, Mato Grosso do Sul, Brasil. A análise cariotípica pela coloração convencional com Giemsa revelou um número diplóide
de 2n=50 cromossomos, com fórmula cariotípica de 14m+26sm+6st+4a e NF=96, sem distinção entre os sexos, não havendo mecanismo cromossômico de determinação sexual. A aplicação da técnica de bandeamento Ag-NOR para detecção das regiões organizadoras de nucléolo revelou a presença de NOR que ocupa todo o braço curto dos cromossomos do par 3, metacêntricos, e do par 21, subtelocêntricos, evidenciando, portanto o padrão de NOR
múltipla. A técnica de bandeamento C demonstrou pouca heterocromatina constitutiva sendo as marcações coincidentes com a NOR no par 3 e no braço curto do par cromossômico 21.

Palavras-chave: Characiformes. Stethaprioninae. Bandeamento NOR.Bandeamento C.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.