VARIAÇÃO LINGUÍSTICA – ESTUDO COMPARATIVO DO USO DE PALAVRAS CALÃO E GÍRIAS NO PORTUGUÊS FALADO POR ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO DE DOURADOS

Hellen Cristina Moraes de Avelino, Elza Sabino da Silva Bueno

Resumo


A relação entre língua e sociedade conduz ao estudo do pensamento de certas comunidades e à forma como articulam sua realidade e sua cultura. Assim, segundo estudiosos, a variação linguística é influenciada por variáveis internas ou externas à língua, isto é, por aquelas ligadas ao falante, ao grupo a que ele pertence, à situação de uso da língua ou a todos simultaneamente; considerando, as variáveis devidas ao gênero, à faixa etária e ao nível de escolaridade do falante, no uso dos vocábulos. Por isso, em uma mesma comunidade há formas diferentes de expressar um mesmo referente, inclusive fala-se em linguagens especiais, técnicas, linguagem da juventude e, as gírias e as palavras calão estão inseridas nessa linguagem jovem. Dessa forma as gírias se expandem e passam a fazer parte do léxico popular, usadas, às vezes, para quebrar uma formalidade e identificar o jovem e seu grupo social.

PALAVRAS-CHAVE: Português falado, palavras calão, gírias.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.