O MUNDO A PARTIR DO ‘EU’: FORMA E CONTEÚDO NO DIÁRIO I, DE MIGUEL TORGA

Wender Paniagua Rodrigues, Lucilene Soares da Costa

Resumo


O objeto dessa pesquisa reside na análise do Diário I, de Miguel Torga, haja vista à sua relevância para a discussão da forma confessional dentro dos gêneros literários.
Observamos o percurso da noção de gênero literário a partir da gênese dessa temática, com Aristóteles. Considerando suas etapas evolutivas; merece destaque o ano de 1938, quando o
escritor francês Andre Guide, ao publicar em vida seu diário íntimo, eleva “o diário” de mera forma confessional e privada para forma literária. A busca para sistematizar os procedimentos próprios a essa nova forma é bastante sugestiva compreendendo as dificuldades de análise que
decorrerão. Destarte, podemos perceber a trajetória presente no gênero narrativo em Aristóteles e que foi retomado por outras perspectivas tais como Anatol Rosenfeld e o próprio Guide aplicadas com excelência por Torga.

PALAVRAS-CHAVE: Gêneros Literários; Literatura Portuguesa; Diário; Miguel Torga.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.