PRODUTIVIDADE DO FEIJOEIRO SUBMETIDO AO MANEJO DE IRRIGAÇÃO E ADUBAÇÃO NITROGENADA - TERCEIRO ANO DE PLANTIO DIRETO

Alessandro S. Barbosa, Adriano S. Lopes

Resumo


O feijoeiro comum era preferencialmente cultivado por pequenos produtores rurais, diante das inovações tecnológicas, como a irrigação, vem sendo cultivada por
produtores rurais que dispõem dos mais variados níveis de tecnologia.
A cultura do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) possui grande importância sócio-econômica, sendo cultivada sob os mais diversos níveis de tecnologia possui uma resposta de alto desenvolvimento produtivo esperado por produtores rurais. O objetivo deste trabalho foi avaliar a resposta do feijoeiro a diferentes manejos de irrigação e à adubação nitrogenada, em sistema plantio direto. O experimento foi conduzido na Universidade Estadual de Mato Grosso Sul, no município de Aquidauana. O solo da área foi classificado como Argissolo Vermelho Amarelo distrófico e utilizou-se o cultivar de feijão pérola, semeado em abril de 2008. Foram utilizados três manejos de irrigação, sendo tanque Classe A, Hargreaves e Tensiometria a -40 kPa; e quatro doses de adubação nitrogenada (0, 50, 100 e 150 kg ha
-1 ). O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com parcelas subdivididas, composto por três blocos e duas replicações dentro de cada bloco. As doses de nitrogênio não influenciaram os resultados obtidos. O fator de produtividade foi superado entre os
demais métodos de irrigação utilizados no cultivo experimental, onde a tensiometria obteve melhor resposta.

PALAVRAS-CHAVE: Phaseolus vulgaris, cobertura vegetal, tensiômetro.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.