COLORAÇÃO DOS OVOS DAS FÊMEAS DO CAMARÃO DE ÁGUA DOCE MACROBRACHIUM AMAZONICUM EM LABORATÓRIO

Karla Vercesi Queiróz, Liliam Hayd

Resumo


Macrobrachium amazonicum é um camarão de água doce nativo do Brasil e que apresenta grande potencial de cultivo. Este trabalho teve como objetivos: identificar a coloração dos ovos presos ao abdômen de fêmeas ovígeras de M. amazonicum e testar o efeito das diferentes dietas na coloração dos ovos durante o desenvolvimento embrionário de M. amazonicum. Fêmeas em estágio inicial de desenvolvimento embrionário foram colocadas em aquários individuais e foi observada a graduação de cores dos ovos durante todo período de incubação. Após a eclosão das larvas, as fêmeas foram devolvidas aos aquários de reprodutores. Os exemplares utilizados para testar o efeito de diferentes dietas na coloração e no período de
incubação dos ovos foram selecionados dos aquários dos reprodutores, estes foram mantidos em aquários de acrílico em sistema de recirculação de água. Os tratamentos consistiram em três tipos de alimento fornecido aos animais: T1-filé de peixe, T2-ração comercial e T3-ração caseira. Após o acasalamento, as fêmeas ovígeras foram separadas dos machos e colocadas em aquários individuais e foi observado a graduação de cores e o período de desenvolvimento
embrionário. O período embrionário durou em média 18 ± 2,44 dias e foram observadas quatro gradações de cores: verde escuro, verde claro, amarelo e transparente indicando período inicial, período intermediário e período final do desenvolvimento embrionário, respectivamente. Os tratamentos não tiveram efeito sobre o período embrionário e sobre a coloração dos ovos de fêmeas ovígeras de M. amazonicum.

Palavras-Chave: camarão de água doce; Macrobrachium amazonicum; reprodução; ovos; coloração

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.