CARBONO ORGÂNICO TOTAL DO SOLO SOB DIFERENTES COBERTURAS VEGETAIS NA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE AQUIDAUANA, MS

Ricelly Aline Camargo de Sousa, Jolimar Antonio Schiavo

Resumo


A determinação do carbono orgânico do solo é muito importante, pois através dos dados obtidos podem-se fazer inferências do manejo a ser empregado, buscando melhoria na qualidade do solo. O objetivo deste trabalho foi determinar os teores de carbono orgânico total (COT) do solo, sob diferentes coberturas vegetais, na fazenda da Unidade Universitária de Aquidauana, MS. O experimento foi conduzido no Campus da UEMS de Aquidauana, sendo
que os tratamentos utilizados foram constituídos em função da cobertura vegetal (pastagem, eucalipto, leucena, mata de galeria, Cerrado sensu stricto, vereda e área de sistema de plantio direto (SPD)). Foram coletadas três amostras compostas formadas por dez amostras simples por área de 300 m2, nas profundidades de 0-5, 5-10, 10-20 e 20-30 cm. As amostras foram secadas e peneiradas, e o COT determinado pelo método de dicromatometria. Na camada
superficial os maiores teores de COT ocorreram sob vegetação de vereda (30,59 g kg-1), seguido do sistema de plantio direto – SPD (21,46 g kg-1). Acrescenta-se, que no SPD nas demais profundidades os teores de COT também foram elevados, variando de 11,71 g kg-1
(20- 30 cm) a 17,35 g kg-1 (5-10 cm), demonstrando ser o SPD um bom sistema para melhoria da qualidade do solo.

Palavras-chave: Bioma Cerrado Pantanal, sustentabilidade, qualidade do solo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.