BANCO DE SEMENTES DE UM REMANESCENTE FLORESTAL NA BACIA DO CÓRREGO FUNDO, AQUIDAUANA, MS

Ivanda Piffer Pavão de Araújo, Norton Hayd Rego

Resumo


A área de estudada localiza-se a noroeste da morraria do Paxixi e pertence à fazenda da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) - Unidade Universitária de
Aquidauana, (localizada) entre as coordenadas 20°26’03’’ latitude S e 55°39’30’’longitude W. Para estudo da composição florística do banco de sementes foram coletadas 4 amostras de solo dentro de 20 parcelas de 10X10m. O material coletado foi posto a germinar em vasos plásticos de aproximadamente 8 litros,
acondicionados no viveiro da unidade com sombreamento de 50%, onde permaneceram por 210 dias. No banco de sementes encontramos 7 famílias botânicas cada uma
representada por uma espécie apenas. As espécies com maior índice de valor de importância foram respectivamente: Cecropia pachystachya, Trema micrantha, Guarea guidonia, Curatella americana, Miconia albicans, Pouteria torta, Dilodendron bipinnatun. Todas as espécies são de hábito arbóreo com exceção de Miconia albicans
(Sw.) Tr. classificada como arbustiva. Todas as espécies foram classificadas com tipo de dispersão zoocórica e grau de sucessão primária. O índice de diversidade Shannon
Weaver (H’= 1,18) pode ser considerado baixo, para as condições do local que foi amostrado. Estudos anteriores neste local apresentaram 38 espécies no estrato arbóreo.
A equabilidade (J) 0,6 também mostra uma baixa distribuição das espécies na área. Porém estes dados são semelhantes ao de estudos também realizados em tipos
vegetacionais semelhantes.

Palavras-chave: Composição florística; Sucessão primária e Zoocórica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.