IDENTIFICAÇÃO DE MARCADORES DE IMPUREZAS EM BIODIESEL DE SOJA COM A ESPECTROSCOPIA NO INFRAVERMELHO MÉDIO

Maryleide Ventura da Silva, Sandro Marcio Lima

Resumo


Sabe-se que o biodiesel vêm se destacando como um dos principais candidatos a substituição aos combustíveis fósseis. Esta fonte de energia traz significativa contribuição ao meio ambiente pois sua produção e extração de fontes oleagionosas oferece menos riscos que a extração e
processamento de combustíveis fósseis. Apesar do biodíesel apresentar promissoras vantagens em relação aos combustíveis tradicionais, pouco se sabe sobre as impurezas contidas no biodiesel e o controle desses níveis durante o processo de síntese. Este trabalho teve como finalidade
analisar amostras de biodiesel e suas misturas com impurezas a fim de identificar os marcadores de impurezas presentes em cada amostra e uma das técnicas utilizadas na análise do biodiesel e suas misturas foi a espectroscopia no infravermelho médio por transformada de Fourier (FTIR - Fourier Transform Infrared) que permite determinar os modos vibracionais da composição química básica do biocombustível. Esta metodologia é rápida, eficiente e não destrutível, além de
apresentar boa reprodutibilidade. Assim, para a realização das misturas foram preparadas amostras de biodiesel sendo estas de óleo de soja refinado, feitas pelo processo de transesterificação pela rota etílica. Realizada as misturas, fez-se a análise por meio da espectroscopia FTIR, onde foi possível determinar os espectros de absorção no infravermelho médio das misturas de biodiesel com impurezas, e identificar todos os modos vibracionais presentes nas amostras, bem como suas intensidades de absorção.Através dos dados analisados
pode-se concluir que a técnica de FTIR é muito sensível na identificação dos traços de impurezas presentes nos biocombustíveis.

Palavras-chave: Transesterificação. Impurezas. Absorção.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.