NOTAS BIOLÓGICAS SOBRE A FORMIGA Neoponera magnífica (Borgmeier, 1929)

Autores

  • Gustavo Henrique Machado Santos
  • Enedino Tiago Paulo Delfino
  • Alexandre do Nascimento Silva
  • Rafaela Aparecida Mariano Fernandes
  • Rogério Silvestre

Resumo

Segundo o Australian Biological Resources Study cerca de 18.000 novas espécies são descritas em média por ano. Esses números induzem a uma ideia de que a Natureza está sendo sistematicamente encontrada e categorizada, porém, são conhecidos dados bioecológicos de forma mais completa para menos de 10.000 espécies. Este é o caso dos registros de biologia de espécies de formigas, que, embora seja um táxon bem conhecido, existem lacunas para determinadas espécies que são consideradas raras e/ou pouco estudadas. Nesse contexto, nosso trabalho relata o novo registro de ocorrência da espécie Neoponera magnifica (Formicidae: Ponerianae) no bioma de Cerrado do município de Dourados, MS. Descrevemos, neste trabalho, parte do leque comportamental observado em campo e em laboratório para esta espécie. Essa formiga possui hábitos crepusculares, sendo mais ativa fora do formigueiro por volta da 17:00h ~ 20:30h. O ninho apresenta uma única abertura no solo com cerca de 0.5cm² e nenhum volume de terra ao seu redor. N. magnifica apresenta o comportamento tipo “tandem running”, neste caso, uma única formiga é recrutada e essa segue de perto a formiga líder. Durante o período de observações em campo, uma operária transportava para o ninho uma larva de Lepidoptera. O período de observação em laboratório se deu ao longo de cinco meses, com quatro indivíduos coletados e mantidos em um ninho artificial, confeccionado em madeira, com tampa de vidro. As observações foram feitas diariamente no laboratório de Ecologia de Hymenoptera - HEcoLab. Essas formigas apresentam órgão estridulador e ao serem manipuladas emitiam um ruído; a presença desse órgão é incomum entre as formigas de seu gênero. Uma das operárias apresentou o comportamento de guarda na entrada do ninho artificial, esta foi responsável por encontrar e carregar o alimento oferecido. Foram oferecidos semanalmente algodão embebido em água e mel 10%, pequenos Orthoptera e larvas nos primeiros instares de Plutella sp. (Plutellidae: Lepidoptera). N. magnifica forrageou preferencialmente as larvas de Lepidoptera. Mesmo sendo mantidas separadas da colônia, nenhuma operária iniciou a oviposição, sendo este um indicativo da inexistência de “gamergate” para a espécie. Os registros de coleta dessa espécie são poucos, o que pode indicar que suas colônias apresentam um número pequeno de indivíduos, ou ainda, baixo sucesso reprodutivo relacionada à perda de seu hábitat preferencial. Um dos aspectos mais alarmantes é que N. magnifica pode estar passando por processos de extinção e poucas de suas características bioecológicas foram ainda descobertas. Novas expedições estão em andamento para que mais informações sejam reunidas sobre a biologia desta espécie de formiga. Estudos genéticos foram iniciados, com a finalidade do sequenciamento do DNA barcoding e elucidação da filogenia da espécie.

Downloads

Publicado

12/11/2019

Como Citar

Santos, G. H. M., Delfino, E. T. P., Silva, A. do N., Fernandes, R. A. M., & Silvestre, R. (2019). NOTAS BIOLÓGICAS SOBRE A FORMIGA Neoponera magnífica (Borgmeier, 1929). ANAIS DO EGRAD, 6(9). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/egrad/article/view/5995

Edição

Seção

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE