ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO I: UMA EXPERIÊNCIA DE INSERÇÃO NA PRÁTICA ESCOLAR

Autores

  • Gabriel Elias Augusto de Araújo Delgado
  • Felipe Gonçalves Siqueira
  • Letícia Lechner da Silva
  • Maria de Lourdes Silva

Resumo

Atividade prática em Estágio Supervisionado abordou vivências na escola – inserção
na prática, nós fomos orientados a escolher uma escola, estabelecendo vínculos com professores
regentes e demais sujeitos do ambiente escolar para realização de uma observação participante,
acerca de nosso olhar apurado pelas leituras de textos escritos, filmes, poesias e músicas,
vivenciássemos a escola. Perguntas orientadoras da prática foram: Com quem? Como? De que
forma? Para quê? Em favor de quem? Quais os desafios e perspectivas (gerais e particulares) para
atuação pedagógica na futura profissão-professor nos ambientes educativos? E escrevêssemos um
relatório dobre “as vivências na escola/inserção na prática”. Os objetivos se inscreveram em:
Estudar as relações entre a sociedade e a educação, analisando criticamente os determinantes
históricos, políticos e filosóficos que se materializam na prática pedagógica da escola
contemporânea. A metodologia foi de cunho qualitativo pautando-se na experiência de memorial da
docência, descrevendo o ambiente de inserção na prática, os memoriais individuais decorrentes das
discussões suscitada acerca dos aportes teóricos de alguns autores da disciplina, bem como os das
disciplinas já estudadas no curso. Os resultados contando com a participação e disponibilidade das
profissionais da escola, foi possível nos inserirmos na prática escolar realizando atividades como:
auxiliar aos alunos com dificuldades em matemática e ortografia, observação de produção de texto,
correção de erros ortográficos em atividades de apostila, observação de rotinas administrativas do
professor, ao exemplo de registro de ocorrências e realização de chamada, realização de avaliações
e atividades pedagógicas como dança e fazer um bolo em sala de aula. Na apresentação das
respostas às perguntas orientadoras da prática de estágio supervisionado foram depreendidas
respostas indicativas de que, desde Estágio Curricular Supervisionado, o aluno estagiário têm e
deve formar-se em licenciatura superando as dicotomias, entre teoria e prática. “A prática ilumina a
teoria e a teoria corporifica a prática: são processos indissociáveis”. Chamou atenção o cuidado com
o conteúdo-forma, isto é, a perspectiva da teoria como expressão da ação prática. É superar a
oposição aos modelos pedagógicos tecnicistas e prescritivos, apontando para perspectiva coletiva de
sistematização do conhecimento estudo que o envolve em termos de educação integral: Aprender e
ensinar/aprendendo e ensinando a humanidade pensamento, razão, sentimentos, emoções,
mobilidades e movimentos.

Downloads

Publicado

04/11/2019

Como Citar

Delgado, G. E. A. de A., Siqueira, F. G., Silva, L. L. da, & Silva, M. de L. (2019). ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO I: UMA EXPERIÊNCIA DE INSERÇÃO NA PRÁTICA ESCOLAR. ANAIS DO EGRAD, 6(9). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/egrad/article/view/5983

Edição

Seção

CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS