SEPARAÇÃO DE MISTURAS: PRÁTICA DEMONSTRATIVA INTERATIVA NO ENSINO E APRENDIZAGEM

Elicléia Maria de Souza Silva, Adriana Marcia Santos, Bianca de Oliveira Souza, Denise Breuer Santos, Lucimara da Silva Nogi Egea, Rafael dos Santos Marciano

Resumo


Diante da compreensão que a educação é um dos elementos para construção de uma sociedade crítica e humanizada, e que parte desta formação corresponde ao papel do professor e do desenvolvimento de sua prática na educação escolar. O professor deve buscar didáticas interativas na qual os alunos se interessem pelo aprendizado, pois as atividades práticas proporcionam determinadas aprendizagens, diferenciando-se do material pedagógico tradicional, por conter aspectos lúdicos vindos a somar positivamente no processo de ensino-aprendizagem. O presente projeto teve como objetivo analisar a influência de uma metodologia de ensino ativa por meio da aplicação de práticas sobre separação de misturas, que possibilite a participação ativa dos alunos. No primeiro instante foram feitas pesquisas sobre o assunto e a escolha do material utilizado para cada processo (catação, levigação, flotação, peneiração, separação magnética, ventilação, dissolução fracionada, sedimentação, decantação, centrifugação, filtração e destilação), posteriormente foi elaborado uma ficha para identificar cada processo de separação realizado. Os materiais utilizados foram pedras, papéis picados, papelão, água, areia, sal, folhas secas, copos plásticos, peneiras, caneca, bacia, trigo, feijão, seringa, peças de roupas, barbantes, pregadores, imã, metais (latas, clips, pregos), baldes, centrifuga manual, leque, plásticos, garrafa de vinho e suco de uva de caixinha. A atividade foi realizada com alunos do 9º Ano do período matutino e vespertino, da Escola Estadual Senador Filinto Muller, totalizando 60 alunos, sendo direcionada como uma avaliação prática. Os alunos foram divididos em grupos de cinco, cada grupo recebeu uma ficha para identificação dos processos de separação de misturas realizados. Os processos estavam dispostos no formato de um circuito e à medida que os grupos executavam cada procedimento, anotava-se na ficha qual processo foi realizado. Mediante a análise das fichas, pode-se observar que os alunos apresentaram um bom desempenho, obtendo uma aprendizagem satisfatória e eficaz com o método proposto.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.