Governança Corporativa: uma avaliação da geração de valor pelo Economic Value Added (EVA)

Jose APARECIDO ARANHA, Gilmara Flores Scampini

Resumo


Este artigo objetiva  avaliar se existem diferenças na geração de valor mensuradas pelo Economic Value Added (EVA®) entre empresas do setor financeiro listadas e não listadas nos níveis de governança corporativa da BM&FBovespa. O estudo mensura pelo método Economic Value Added (EVA®) a geração de riqueza em empresas do setor financeiro, faz a análise de variância (ANOVA) para a comparação das médias e pelo Teste de Tukey ao nível de significância de 5%, verifica se existe diferença mínima significativa na geração de valor entre essas empresas. A princípio, as empresas listadas nos níveis de governança possuem uma gestão com mais controle e mais transparência, portanto, essa questão leva à seguinte indagação: há diferenças estatisticamente significativas na geração de valor entre empresas do setor financeiro listadas e não listadas nos níveis de governança corporativa da BM&FBovespa? A metodologia contou com método estatístico a análise da variância (ANOVA) para comparação das médias e o Teste de Tukey com nível de probabilidade de 5% para verificação da diferença mínima significativa, pesquisa em banco de dados públicos para coleta das demonstrações contábeis do exercício de 2013 das companhias que compuseram a amostra e pesquisa bibliográfica para o referencial teórico. O resultado apresentado evidenciou que estatisticamente não houve diferença significativa na geração de valor no período pesquisado. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.