Racionalidade econômica e as modernas teorias de tomada de decisão: um debate teórico

Autores

  • Mateus Boldrine ABRITA (UEMS)
  • Gercina GONÇALVES (UCDB)

Resumo

A teoria do homem econômico que defende a racionalidade perfeita no processo decisório do homem vem sendo questionada, pela psicologia econômica e pelas  finanças comportamentais. Essas novas teorias defendem que o homem não consegue dissociar elementos psicológicos no momento da tomada de decisão, sendo assim essas decisões sofreriam distorções de percepção e avaliação, pois elementos não racionais impediriam uma tomada de decisão completamente perfeita. Sendo assim é interessante o estudo do tema, pois se distorções podem afetar os mercados financeiros isso pode resultar em mercados ineficientes. Após o levantamento das principais teorias da psicologia econômica e das finanças comportamentais, verifica-se que essas distorções de percepção e avaliação realmente estão presentes no processo decisório, simplesmente pelo fato de nossa mente estar suscetível a interferências psicológicas.

Downloads

Publicado

25/11/2015

Como Citar

ABRITA, M. B., & GONÇALVES, G. (2015). Racionalidade econômica e as modernas teorias de tomada de decisão: um debate teórico. ANAIS - ENCONTRO CIENTÍFICO DE ADMINISTRAÇÃO, ECONOMIA E CONTABILIDADE, 1(1). Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/ecaeco/article/view/2763

Edição

Seção

Artigos Completos