PERFIL DOS EMPREENDIMENTOS ECONÔMICOS SOLIDÁRIOS NO BRASIL E NO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

Rosele Marques VIEIRA, Cidinéia Santos de PAULA

Resumo


O objetivo deste trabalho foi analisar o perfil dos empreendimentos solidários (ES) no Brasil e no estado de Mato Grosso do Sul (MS), no período de 2005 a 2007. Com base em dados secundários obtidos através do Sistema Nacional de Informação em Economia Solidária (SIES). No entender do pensamento crítico, diante da emergência de combater o desemprego e das urgências por ele provocadas, surge uma alternativa não capitalista de organização do trabalho, identificado por vários autores, como economia solidária. Dessa forma ,criam-se redes de empreendimentos solidários  com base na colaboração entre equipes, cooperação e solidariedade, com a finalidade  de inclusão social e geração de renda. Analisando os ES no Brasil , os dados mostram  um total de 21.859 até 2007, deste total 2.049 surgiram no período de 2005, 1.102 em 2006 e em 2007 surgiram mais 345 novos ES, o que corresponde a uma taxa de 16 % nestes três anos. Os ES se apresentam no mercado de diversas maneiras, com destaque para as associações, num total de 11.326.  A abrangência destes ES atinge tanto a zona rural, como a urbana ou até mesmo se desenvolvem em conjunto rural/urbana. As atividades destes ES estão relacionadas com a fabricação artesanal de bolsas, utensílios domésticos, produtos alimentícios, com destaque para a produção do milho onde se integra 2.839 ES. No aspecto de organização ( sócios e não sócios), verificou-se que, há maior número de homens sócios nos ES. Em relação ao número de homens e mulheres não associados, se destaca a contratação do sexo feminino, evidenciando que as mulheres encontram nos ES uma forma de complementar a renda familiar. Quanto à análise dos ES no estado de Mato Grosso do Sul, os dados mostraram que 42 municípios contam com o desenvolvimento dos ES, onde se destacam as cidades de Dourados com 120 ES e Campo Grande com 80 ES, registrando para o total do estado 340 ES.Deste total, 176 ES são constituídos por homens e mulheres e 131 ES somente por  mulheres e 33 ES somente homens. Quanto às atividades de atuação, os ES estão relacionados à produção de alimentos, de artesanatos, como fabricação de bolsas e vestuários e de produtos de limpeza. A produção visa à geração de renda, portanto, 312 ES vendem seus produtos, bem como trabalham com a rede de trocas, no intuito de fortalecimento e construção de novos ES. Em síntese, o estudo permitiu mostrar que os ES que compõe a economia solidária, estão organizados sob a forma de autogestão, solidariedade e cooperação.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.