Demanda de carne bovina por família de universitários em Ponta Porã – Mato Grosso do Sul

Giovane Silveira da SILVEIRA, Claudeir Xavier de OLIVEIRA, Cléia Mascarenhas GOMES, Daiane Pereira de SOUZA, Flávio Guilherme ALCANTU

Resumo


O artigo tem como objetivo estimar a curva de demanda bovina pelas famílias dos acadêmicos do curso de Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade de Ponta Porã. Esta pesquisa corresponde a uma investigação descritiva de corte transversal com enfoque qualitativo e quantitativo, e para a coleta de dados primários foi utilizado um questionário contendo questões abertas e fechadas.  Os resultados foram os seguintes: verificou-se que, em média, as famílias de acadêmicos adquirem 5,57 Kg de carne bovina por compra e o preço médio pago em cada Kg foi de R$ 12,32; o modelo de regressão linear revelou que o aumento de R$ 1,00 no preço leva a uma redução de aproximadamente 138 gramas na quantidade adquirida de carne bovina; com relação à elasticidade o modelo log-linear mostrou que o aumento em 1% no preço da carne bovina leva à uma redução de 0,16% na quantidade adquirida, o que revela uma relação inelástica entre quantidade e preço e que pode ser verificada pela suave inclinação negativa da curva de demanda, o que atendeu às expectativas da Teoria Microeconômica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.