História, patrimônio e memória em Camalotes e Guavirais

Autores

  • Mariza de Souza Covary Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

Palavras-chave:

Ulisses Azuil de Almeida Serra, Patrimônio Histórico Imaterial, Identidade, Mato Grosso do Sul.

Resumo

O presente artigo trata acerca da vida e da obra do escritor, Ulisses Azuil de Almeida Serra como registro de reconhecimento de valor histórico, estético e enquanto Patrimônio Histórico Imaterial e de memória de Mato Grosso do Sul. Livro de crônicas, Camalotes e Guavirais (1971), cuja segunda edição foi publicada em 1989, obra única do autor, é uma referência das memórias registradas que revelam acima de tudo a identidade histórica e muito mais acerca do Patrimônio Histórico Material existente na região nos dias atuais. Nesse artigo pretende-se utilizar alguns recortes das crônicas, a fim de demonstrar a existência ou referências antigas, a transformação e a preservação dos bens materiais sociais locais

Biografia do Autor

Mariza de Souza Covary, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

Mestranda em Letras na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

Referências

CANDIDO, Antônio. Literatura e Sociedade. 1ª Ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1965.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 7a ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

SERRA, Ulisses. Camalotes e Guavirais. 2º ed. Campo Grande, 1989.

ARCA. Arquivo Histórico de Campo Grande. (Campo Grande e Rua 14 de Julho – Tempo, Espaço e Sociedade – Antônio Firmino de Oliveira Neto) Disponível em: http://www.campogrande.ms.gov.br/arca/artigos/r-14-de-julho/ Acesso em 05/10/2019.

CAMPO GRANDE NEWS. Vida e alma sul mato-grossenses com Camalotes e Guavirais de Ulisses Serra. Campo Grande, 24/11/2015. Disponível em:

https://www.campograndenews.com.br/colunistas/grandezas-da-literatura/vida-e-alma-sul-mato-grossenses-com-camalotes-e-guavirais-de-ulisses-serra Acesso em: 03/09/2019

CGNOTICIAS. Reviva vai identificar Patrimônio Histórico da Rua 14 de Julho com uso de Tecnologia. Campo Grande, 01/07/2019. Disponível em: http://www.campogrande.ms.gov.br/cgnoticias/noticias/reviva-vai-preservar-patrimonio-da-rua-14-de-julho-com-identificacao-moderna-de-imoveis-historicos/ Acesso em: 05/10/2019.

CAVALCANTE, Guilherme. 21 imagens antigas de Campo grande para deixar qualquer pessoa nostálgica. Campo Grande, 06/05/2016. Disponível em: https://www.midiamax.com.br/midiamais/2016/21-imagens-antigas-de-campo-grande-para-deixar-qualquer-pessoa-nostalgica

HILCAR,Teresa. MS 42 ANOS – Identidades de Mato Grosso do Sul. Campo Grande, 10/102019. Disponível em: http://www.ms.gov.br/ms-42-anos-identidades-de-mato-grosso-do-sul/ Acesso em: 12/10/2019.

HISTÓRIA DAS ARTE. Manifesto Antropofágico. Disponível em: http://www.historiadasartes.com/nobrasil/arte-no-seculo-20/modernismo/manifesto-antropofagico/ Acesso em 10/10/2019.

SENADO FEDERAL. Constituição da Republica. Disponível em: https://www.senado.leg.br/atividade/const/con1988/CON1988_05.10.1988/art_216_.asp Acesso em: 03/09/2019.

UNESCO. Patrimônio Cultural Imaterial. Disponível em: http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/culture/world-heritage/intangible-heritage/ Acesso em 03/09/2019.

YOUTUBE. Brasil Século XXI - Cultura, Produção, Representação simbólica da Sociedade - Palestra de Antônio Candido - 07-11-1988 - Arquivo RTV Unicamp

https://www.youtube.com/watch?v=Z0M9A7Bzebc Acesso em: 01/10/2019

Downloads

Publicado

12/05/2020

Como Citar

Covary, M. de S. (2020). História, patrimônio e memória em Camalotes e Guavirais. ANAIS DO CONGRESSO DE PESQUISAS EM LINGUÍSTICA E LITERATURA, 1(1), 218–230. Recuperado de https://anaisonline.uems.br/index.php/CPLL/article/view/6958