A BIODIGESTÃO DA VINHAÇA ORIUNDA DA MICRODESTILARIA PILOTO UTILIZADA NO CURSO TECNOLOGIA EM PRODUÇÃO SUCROALCOOLEIRA

Thalia Rodrigues Custódio Farias, José Evaristo Gonçalves

Resumo


A expansão do setor sucroenergético no Estado do Mato Grosso do Sul necessita constantemente de
mão de obra tecnológica, em função dos diversos setores e suas devidas operações unitárias. Nesse
contexto, existem os resíduos gerados por esse setor, nos quais destaca-se a vinhaça com alto
potencial nutricional ao solo, sendo considerado substrato para o processo de biodigestão
anaeróbica. A utilização da vinhaça, oriunda de microdestilaria utilizada no Curso de Tecnologia
em Produção Sucroalcooleira, vai ao encontro do propósito existente entre as usinas do Estado. O
presente projeto de extensão visou aproximar os discentes do ensino médio da Universidade
Estadual do Mato Grosso do Sul/Unidade Glória de Dourados, através da palestra intitulada “A
Biodigestão da Vinhaça Oriunda de Microdestilaria Piloto Utilizada no curso Tecnologia Produção
Sucroalcooleira”, abordando os seguintes tópicos do setor sucroenergético: microdestilação,
resíduos, reaproveitamento e biodigestão. Para tanto, os Municípios contemplados foram, Ivinhema,
Porto Vilma, Fátima do Sul, Angélica, Novo Horizonte do Sul, Guassulândia e o Distrito de
Indápolis. As atividades realizadas durante todo o projeto foram: elaboração de palestras, materiais
impressos, relatórios parcial e final e elaboração de questionário - aplicado após as palestras. Este
foi constituído por cinco questões de múltipla escolha e aplicado aos alunos do ensino médio,
abordando a satisfação deles em relação aos seguintes itens: objetividade da apresentação,
compreensão sobre o significado do projeto de extensão, propriedade dos extensionistas na
apresentação, cumprimento da proposta inicial – realização do projeto de extensão e compreensão
de como é produzida e a gestão adequada da vinhaça. Os alunos do ensino médio do município de
Fátima do Sul foram os que mais observaram que os palestrantes demostraram conhecimento ao
ministrar as palestras, pois 91,16% das alternativas escolhidas foram em relação aos itens Bom e
Excelente. Notou-se também que os alunos do município de Ivinhema não optaram pelas
alternativas ruim e regular, em relação à clareza dos palestrantes quanto à explicação. Evidenciou-
se, com relação a questão: “ficou claro como é produzida a vinhaça e a importância da gestão
adequada deste resíduo?”, que os alunos do Distrito de Indápolis, da Escola Estadual Dom Bosco,
demonstraram que compreenderam de forma excelente, em função das alternativas escolhidas no
questionário. Concluiu-se que ao final do projeto houve significativa evolução dos extensionistas e
o interesse dos alunos do ensino médio sobre o Curso de Tecnologia em Produção Sucroalcooleira.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.