PREFERÊNCIA DO CONSUMIDOR DE CARNES DO MUNICÍPIO DE AQUIDAUANA-MS

Júlia Dias Nascimento, Dalton Mendes Oliveira, Talita de Oliveira Freitas Rocha, Cris Luana de Castro Nunes, Bruna Baches, Loraine Saldanha Escobar

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo avaliar quais as preferências do consumidor, o consumo de
carnes assim como, verificar quais são os pontos positivos e negativos que influenciam no momento
da escolha de determinada espécie para o consumo. A pesquisa foi realizada no município de
Aquidauana-MS, através de questionário previamente estruturado, aplicados em supermercados e
açougues de pequeno, médio e grande porte, independente da espécie comercializada, em dias e
horários distintos, totalizando 501 entrevistas. Após a análise dos dados obtidos com a pesquisa, foi
possível observar que a população do município tem maior preferência pela carne bovina (84,0%)
seguida da carne de aves (13,4%), por outro lado o pescado (31,1%), suínos (25,1%) e os
caprinos/ovinos (25,0%) são as espécies menos consumidas na região. De acordo com a população
a carne bovina possui algumas particularidades que justifica seu alto consumo, onde 60,1% alegam
que a mesma é saborosa, e 11,2% a escolhe pela sua alta disponibilidade no mercado. O que
impulsiona o consumo da carne de aves é o preço (36,7%), além disso, outros 10,2% a considera
saudável. O valor elevado do pescado na região é apontado por 16,8% dos entrevistados como fator
principal por não consumirem esta espécie, assim como, sua pouca disponibilidade para outros
14,0%. A carne suína apresenta alguns pontos negativos que acabam por torná-la pouco consumida
no município como o sabor (17,0%) e a falta de confiança (9,6%), ademais para outros 7,8% a
mesma não é considerada saudável. A terceira espécie menos consumida no município, os caprinos
e ovinos, possui pouca oferta nos pontos de venda de produtos cárneos, este é o principal fator
alegado por 23,8% dos entrevistados deixarem de consumir esta espécie no município. Foi
observado que a carne bovina está presente diariamente na mesa de 59,7% dos aquidauanenses e
apenas 7,2% consomem a carne de aves nesta mesma proporção, já para datas mais espaçadas como
quinzenalmente, ocorre um aumento no consumo de pescado para 24,8%. Já em datas
comemorativas o consumo de caprinos/ovinos chega a 25,7%. Conclui-se que a carne bovina é a
mais consumida, sendo substituída algumas vezes pela carne de aves devido seu preço. O consumo
de outras espécies como peixes, suínos, caprinos/ovinos é menor devido fatores como alto preço e
baixa oferta.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.