PRODUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES COMO FERRAMENTA PARA PRODUZIR GENÉTICA ESPECIALIZADA AOS PRODUTORES DE LEITE DE MATO GROSSO DO SUL

Ana Caroline Bini Lima, Christopher Junior Tavares Cardoso, Silvio da Silva Oliveira, Mirela Brochado Souza-Cáceres, Marcus Vinicius Morais Oliveira, Fabiana de Andrade Melo-Sterza

Resumo


Como objetivo geral do trabalho consta a produção de embriões de genética superior para alavancar
a produção de leite do Mato Grosso do Sul. Para a realização deste, foram designados como
objetivos específicos à produção in vitro de embriões bovinos, a criopreservação de embriões
bovinos e capacitação da mão de obra especializada em biotecnologias da reprodução. Para tal, foi
realizada a coleta para obtenção dos Complexus Cumulus Oophorus (CCO´s) através de aspiração
folicular guiada por ultrassonografia (OPU) de 6 vacas da raça Pantaneira. Os CCO´s coletados
foram rastreados e classificados e os considerados viáveis (grau 1, 2 e 3) foram levados a MIV por
24 horas. Em seguida foi realizada a FIV e para tal, foi utilizado sêmen congelado oriundo de touro
da raça Pantaneira com fertilidade comprovada. O sêmen foi selecionado utilizando o gradiente
Percoll® e adicionado às gotas de fecundação, as quais permaneceram por 18-22 horas em
incubadora. Após esse período foi realizado CIV dos prováveis zigotos por 7 dias. Os blastocistos
de qualidade 1 foram vitrificados. Todas as etapas da PIVE foram realizadas em incubadora à
38,5ºC, atmosfera de 5% de CO2 e umidade saturada. Os embriões considerados viáveis foram
transferidos à receptoras da raça Nelore submetidas a sincronização prévia do estro. Neste período
foram realizadas 4 rotinas de OPU/PIVE, em que foram obtidos 353 COC’s viáveis, gerando uma
taxa de viabilidade de 81% (353/435). A taxa de blastocistos no D7 foi de 39,4%
(blastocistos/COCs), sendo que 67% foram considerados viáveis para vitrificação. Dois dos
embriões crio preservados foram transferidos e ambas transferências foram bem-sucedidas
resultando em 100% de prenhez. Embora inicialmente a proposta fosse trabalhar com animais da
raça Girolando, o trabalho deste ano atingiu muitos de seus objetivos como capacitação da mão de
obra e criopreservação de embriões bovinos, além disso os animais da raça Pantaneira apresentam
rusticidade e demais características interessantes para os produtores da região de Aquidauana-MS.
O presente projeto será continuado para aumentar o número de embriões e prenhezes produzidos
por essa técnica e dessa forma então atingir o grande objetivo que é disponibilizar material genético
de maior qualidade para os produtores de leite da região.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.