CONSCIENTIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA

Larissa Bezerra Mello, Márcia Regina Martins Alvarenga

Resumo


A violência contra a pessoa idosa é considerado um problema de saúde pública mundial porque não
restringe apenas a agressão física, mas também qualquer ato, único ou repetitivo, ou omissão que
ocorre em qualquer relação supostamente de confiança, que cause dano ou incômodo a ela. Uma
proposta para evitar possíveis situações, é o conhecimento, informações locais de órgãos possam
auxiliar este um cidadão que passe por circunstâncias semelhantes. O objetivo da ação foi divulgar
o dia 15 de junho, Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, junto com
informações locais de relevante importância para auxiliar a comunidade em casos de situações que
envolvam violência contra a terceira idade. Foram disponibilizadas para a comunidade acadêmica
da Universidade Estadual do Mato Grosso Do Sul (UEMS) por meio de folder em folha A4 nas co-
res branco e lilás. As informações escritas foram dispostas da seguinte forma: os tipos de violência
e a definição dos quais os idosos possam vir a sofrer sendo eles físico, psicológico, sexual, negli-
gência, autonegligência e financeiro. Disposição de quais locais que as pessoas devem recorrer ao
sofrer qualquer tipo de violência e os números telefônicos aos quais possam ligar e receber infor-
mações sobre a rede de atendimento ás vítimas de violência na cidade de Dourados/MS. Também
foi distribuída uma fita de cetim roxa, símbolo da campanha de conscientização contra a violência a
pessoa idosa, e as pessoas a utilizaram como uma espécie de broche. O folder foi disponibilizado
também online no site da UEMS, com a intenção de ampliar o trabalho de conscientização. A divul-
gação ocorreu no dia 15 de junho de 2015 (segunda-feira) no período das 08 até as 13 horas, no âm-
bito da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS), unidade de Dourados, em todos os
setores da universidade, aos funcionários, acadêmicos, professores e participantes do projeto Uni-
versidade Aberta a Melhor Idade (UNAMI). Enquanto era entregue os materiais aos participantes
também foram explicados os motivos pelos quais deve haver essa sensibilização. A disponibilização
de informações é um importante instrumento de aprendizagem que tem como função social formar
cidadãos detentores do conhecimento, ao fornecer isto a eles há um processo de construção do sa-
ber, desta forma as informações fornecidas tem papel tornar um cidadão consciente e corroborado.
Esta experiência proporcionou uma relação de interação com membros da comunidade acadêmica,
podendo passar a eles informações de relevante importância para a sociedade. Informações estas no
âmbito de convivência diária que podem ser utilizadas a qualquer momento são necessárias para po-
der divulgar definições, dados e direitos em relação á violência contra os idosos. Esta ação possibi-
litou obter uma visão muita mais atenta a esta realidade vivida por pessoas da terceira idade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.