PRÁTICAS EDUCATIVAS NA ADMINISTRAÇÃO DE QUIMIOTERAPIAS ENDOVENOSAS EM VIDEOAULAS: CUIDADOS DE ENFERMAGEM

Bruna Beatriz Gonçalves Bruno, Rogério Dias Renovato

Resumo


O câncer é o nome geral dado a um conjunto de mais de 100 doenças, que têm em comum o
crescimento desordenado de células, tendiosas a invadir tecidos e órgãos vizinhos. Seu tratamento é
sistêmico, usam-se medicamentos denominados quimioterápicos ou antineoplásicos, um grupo de
medicamentos perigosos utilizados na oncologia. A responsabilidade pela administração do
antineoplásico é do enfermeiro, responsáveis por garantir que os pacientes recebam a quimioterapia
com segurança. O objetivo foi o de desenvolver, implementar e avaliar as ações educativas em
saúde sobre a administração de quimioterapia endovenosa por meio de videoaulas. Realizou-se uma
ampla revisão de literatura sobre o tema e a organização da temática abordadas (Quimioterapia
Endovenosa, Extravasamento, Segurança do Paciente e Profissional). Após isso, elaborou-se um
roteiro a partir de um Procedimento Operacional Padrão, usado como base para a gravação da
videoaula. Ocorreu posteriormente a gravação do vídeo que têm uma duração de 6 minutos e 21
segundos no laboratório de prática de enfermagem da UEMS, utilizando um tripé e câmera de
vídeo. Elaboração de um instrumento (enquete) que foi anexada ao blog para a avaliação da
videoaula pelos acadêmicos de Enfermagem e profissionais de Enfermagem. A exposição da
videoaula deu-se por meio da criação de uma página na web
(https://acaoeenfermagem.blogspot.com.br/) chamado Enfermagem em Ação, um veiculo virtual
que permite o acesso de um público maior (principalmente Enfermeiros e Acadêmicos de
Enfermagem). Como forma de divulgação utilizou-se as redes sociais para a visita da página. O
público alcançado foi de 07 pessoas (100%), dentre elas 04 acadêmicos de Enfermagem (57,14%);
01 da Ciência Biológica (14,28%); 01 denominou-se como da Área da Saúde (14,28%) e; 01 não
declarou nada (14,28%), a partir das análises das enquetes, 85,7% (06 indivíduos) acreditam que a
videoaula é um meio aceitável para o ensino-aprendizagem, já que possibilita uma maior
concentração e versatilidade de quem assiste. Em consideração os aspectos educacionais de uma
videoaula a concepção do público, 85,7% (06 participantes) consideram que facilita a atenção do
público, a partir de exemplos claros no nível da audiência. A tecnologia na área da saúde tem se
destacado e ganhado espaço na capacitação dos profissionais de saúde. Demonstrando que a
videoaula para a área da saúde é uma excelente ferramenta de ensino-aprendizagem, além de um
facilitador para a atenção do público e um meio para maior concentração e versatilidade de quem
assiste. Com uso de videoaulas como um método de aprendizagem, quebramos as fronteiras
geográficas do saber e efetivamos a disseminação em grande proporção do conhecimento na área da
saúde oncológica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.