AÇÃO EDUCATIVA JUNTO AOS CURSOS DE ENGENHARIA DA UEMS E UFGD SOBRE A POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS NO TOCANTE AO LIXO ELETRÔNICO

Guilherme da Silva Costa, Dalton Pedroso de Queiroz

Resumo


O lixo eletrônico é aquele formado a partir de eletroeletrônicos obsoletos e descartados pela
população em geral e acumula-se em quantidade cada vez maior em lugares inapropriados, afetando
o meio ambiente e a saúde humana. A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) pretende
regulamentar a gestão dos resíduos sólidos, entretanto, no tocante ao lixo eletrônico ela ainda carece
de maior discussão para sua correta interpretação e implantação, uma vez que uma correta gestão de
resíduos sólidos passa pela área de engenharia. O presente trabalho teve como objetivo discutir em
um ciclo de palestras, com os acadêmicos de cursos de engenharia, como aplicar de maneira correta
a PNRS no desenvolvimento de seus projetos no momento de sua atuação profissional, discutindo
sobre logística reversa, projetos ambientalmente corretos, reciclagem de lixo eletrônico, dentre
outros assuntos pertinentes ao tema. Para isso, foram realizadas pesquisas bibliográficas a respeito
do assunto, a fim de se obter maior conhecimento sobre a problemática aborda e um breve estudo de
como tem se comportado o acumulo de lixo eletrônico observado com os grandes avanços
tecnológicos vivenciados nas ultimas décadas, para preparação das palestras realizadas e para
confecção de materiais educativos. Durante o projeto, houve a realização das palestras, onde foram
atingidos 97 acadêmicos dos cursos de Engenharia Ambiental, Engenharia Física, Engenharia Civil
e Engenharia Mecânica. Antes do inicio das palestras os acadêmicos responderam a um
questionário sobre o nível de conhecimento a cerca do tema abordado, onde se verificou que cerca
de 54% dos acadêmicos nunca ouviram falar sobre a PNRS, logística reversa, e cerca de 10% nem
tinha conhecimento sobre o que seria um resíduo sólido. Constatou-se então que o conhecimento
sobre o assunto se restringia apenas a cursos ligados a área ambiental, que possuem atribuição para
exercício da futura profissão diretamente com a questão de resíduos sólidos e consequente a PNRS.
Conforme esperado, os acadêmicos do curso de Engenharia Ambiental além de conhecimento na
área, alguns relataram que desenvolviam projetos na área. Em contrapartida, grande parte do
público atingido que não tinham conhecimento sobre a temática disse acreditar que ações
educativas como esta são de suma importância para a formação de profissionais melhores, pois as
mesmas suprem, em muitos os casos e inclusive desta ação, carências dos cursos de graduação onde
pouco se trata a respeito de resíduo sólido, sendo este um grande problema ambiental que poderia
ser minimizado com medidas adotadas dentro da área de engenharia. Isso demonstra que através do
projeto realizado foi produzido conhecimento relacionados a PNRS e lixo eletrônico que certamente
produzirão futuros profissionais com uma visão holística, desenvolvendo projetos ambientalmente
adequados.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.