OTENCIALIDADE DE RISCO DE CONTAMINAÇÃO DE CONSUMIDORES DE PLAN- TAS CULTIVADAS EM EMBALAGENS REAPROVEITADAS

Flávia Martins de Paiva, Rosa Maria Farias Asmus

Resumo


Nota-se em áreas destinadas ao descarte de lixo em geral, o descarte de embalagens diversas,
principalmente as metálicas, e é de fácil observação seu grau de deterioração com relevante ação
impactante no ambiente. Entretanto, é comum o cultivo de plantas comestíveis, medicinais ou
ornamentais em recipientes reutilizados. Os resíduos contidos neste tipo de embalagem, somados
aos resíduos gerados pela sua própria deterioração em função da ação das águas de rega e da acidez
do solo, podem ser assimilados pelo sistema radicular e ingerido pelo consumidor, causando
problemas diversos. Para a averiguação dos possíveis riscos a saúde da população periférica e
produtores de agricultura familiar, foi realizado o levantamento dos principais tipos de embalagens
reutilizadas para cultivo e as mesmas foram fotografadas principalmente aquelas que apresentavam
deterioração ou alguma deformidade nas plantas. Além disso, algumas dessas embalagens foram
cultivadas no viveiro da UEMS em condições idênticas àquelas adotadas pelo público observado
para acompanhamento. Os resultados obtidos foram observados a olho nu que, algumas hortaliças e
frutas plantadas em latas não tiveram o resultado esperado, que seria uma planta saudável, e sim
uma planta com folhas amareladas e hortaliças com pouco crescimento. Esses resultados foram
confrontados com a literatura para avaliação dos eventuais danos à saúde do público em questão,
sendo o objetivo desse trabalho a verificação na bibliografia dos riscos em potencial provocados
pela reutilização dessas embalagens para cultivo, porém percebeu-se déficit de revisão bibliográfica
sobre o assunto de contaminação do solo causada pela deterioração das embalagens. Contudo, pode
se observar na prática que a melhor forma de reutilizar latas, não é cultivando plantas para consumo
e sim plantas ornamentais. Os produtores e consumidores de hortaliças e ervas medicinais da
comunidade Picadinha verificaram que realmente é possível obter melhor proveito do produto
quando se é cultivado diretamente no solo em canteiro, em vasos próprios para cultivo, em
embalagens que não sejam facilmente degradadas. Mesmo sendo leigos no que se refere à
contaminação química do solo e posteriormente das plantas, se pode observar certos problemas no
desenvolvimento das plantas cultivadas em embalagens que podemos dizer “inadequadas”.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.