RECICLAGEM DE RESÍDUOS SÓLIDOS E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UNIDADE ESCOLAR NA CIDADE DE DOURADOS/MS

Brieni Batista de Souza Silva, Ana Carolina Correia Oliveira

Resumo


O Brasil enfrenta grandes problemas ambientais atualmente, devido à má gestão dos resíduos sóli-
dos, agravado pelo aumento da quantidade de resíduos sólidos gerados, este quando realizado de
forma inadequada é o causador de catástrofes, disseminação de doenças, contaminação do solo,
água e ar. Frente a essa problemática foi sancionado pela PNRS (Política Nacional de Resíduos
Sólidos), planos, projetos e programas de gerenciamento de resíduos sólidos específicos para cada
comunidade em função dos contextos comportamentais e culturais visto que estas dispõem de ca-
racterísticas próprias, diferentes hábitos e diferentes níveis de educação ambiental. As comunidades
escolares devem ser envolvidas no processo, uma vez que elas podem atuar como agentes multipli-
cadores das ações, auxiliando no plano local de gerenciamento de resíduos sólidos, e expandindo in-
formações adquiridas. O objetivo deste trabalho foi promover a sensibilização ambiental na comu-
nidade por meio de implantação de atividades que visem à sustentabilidade na escola, nos aspectos
relacionados ao gerenciamento dos resíduos sólidos como coleta seletiva, reaproveitamento dos ma-
teriais recicláveis e orgânicos para a redução dos resíduos destinados aos aterros sanitários, diminui-
ção de água e energia consumida na escola e seu uso consciente, e o armazenamento temporário dos
resíduos sólidos correto para a sua destinação final. Assim buscando o interesse da comunidade em
preservar o meio ambiente, partindo de atitudes ambientalmente corretas Com o desenvolvimento
dessas ações foi possível a redução minimamente da quantidade de resíduos destinados ao aterro sa-
nitário municipal, o que auxiliará na redução dos impactos ambientais, provenientes do descarte e o
tratamento inadequado dos resíduos sólidos, e o reaproveitamento de resíduos sólidos orgânicos
para compostagem, utilizados para adubação da horta da escola. O desenvolvimento desse projeto
transformou atores da comunidade escolar em agentes multiplicadores de práticas sustentáveis e
conservacionistas que poderão repassar os conhecimentos adquiridos para outras comunidades. E
ainda a continuidade desse trabalho é de uma extrema importância, pois a cada ano renova a popu-
lação da comunidade escolar com o ingresso de novos alunos e a saída de outros.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.