MICROBIOLOGIA: CONHECENDO UM MUNDO INVISÍVEL

Elvio Mora Junior, Emilia Maria Silva, Mírian Xavier

Resumo


A dificuldade encontrada pelos alunos dos ensinos fundamental e médio de se compreender a
presença e interação do mundo microbiótico (fungo, bactérias, vírus e archeas) com o macrobiótico
(mamíferos, peixes, aves, répteis, entre outros), reside no fato de que os microrganismos não podem
ser vistos, facilmente, a olho nu. Dessa forma, a aprendizagem desses conhecimentos pode ser
facilitada pelo suporte experimental. Nessa perspectiva, o projeto teve como objetivo desenvolver
atividades práticas com alunos do ensino básico, de escolas públicas e particulares de Dourados,
MS, durante o segundo semestre de 2015 e o primeiro de 2016. Além disso, o projeto também
pretendia divulgar os diferentes espaços da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Foram
desenvolvidas atividades práticas de microbiologia, utilizando materiais de laboratório tais como:
meio de cultura, placas de petri, lâminas, lamínulas, microscópio óptico, lupa entre outros.
Entretanto, algumas vezes, o projeto utilizou materiais alternativos e de baixo custo, como copos
descartáveis, mingau de amido e alimentos em decomposição. Essa decisão se deu pelo fato de que,
costumeiramente, as escolas não são aparelhadas com materiais e espaços adequados à
experimentação em microbiologia. Dessa forma, o estudo dos conceitos de microbiologia, ocorreu
por meio de observação microscópica, produção de culturas fungicas e bacterianas, elaboração de
jogos didático-pedagógicos, rodas de conversa e debates acerca da microbiologia na atualidade, tais
como: O vírus H1N1, ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis), Ebola, Dengue, Zica, entre
outras temáticas. Após as atividades práticas, ao conversar com os alunos, percebemos que os
mesmos se mostram muito empolgados, pois muitos solicitavam novos materiais e procuravam
sanar dúvidas e curiosidades. Alguns estudantes e professores também buscavam conhecer melhor a
Universidade e o curso de Ciências Biológicas. O projeto mostrou-se importante no processo de
ensino e aprendizagem de conceitos voltados a microbiologia, na divulgação do curso de Ciências
Biológicas e também na apresentação de outros espaços da Universidade Estadual de Mato Grosso
do Sul. A soma de todos esses fatores contribuiu para a formação, não apenas dos alunos da rede
básica, mas também dos acadêmicos do curso de Ciências Biológicas que prepararam e
desenvolveram as atividades práticas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.