CINE DIREITO

Artur Malheiros Porém, André Martins Barbosa

Resumo


O cinema é um instrumento que não possui fronteiras nem limites, é um fluxo constante de sonhos,
no qual a magia e o subjetivismo transformam os indivíduos que entram em contato neste mundo de
possibilidades. E é por isso que além de transformar a visão de mundo de cada sujeito, corrobora
com a formação humanística e social de cada indivíduo inserido na sociedade, fomentando o
desenvolvimento de senso crítico e lapidando o senso comum enraizado na sociedade. Não é de
hoje que o cinema, sobretudo na figura de filmes com teor crítico, conduzem o espectador à
reflexão sociocultural. É vasto o acervo cinematográfico produzido desde o início do século XX,
materiais produzidos que auxiliam na inserção e na construção de uma sociedade mais
desenvolvida. Este trabalho tem por objetivo apresentar os resultados obtidos e as dificuldades
encontradas no plano de execução durante o período do desenvolvimento do projeto de extensão,
intitulado “Cine Direito”, o qual possibilitou a criação de recursos e materiais, dando visibilidade ao
curso de Direito, produzindo frutos que, embora tenha encontrado diversas dificuldades em seu
plano de execução, resultou na criação de um acervo de materiais de pesquisa com os mais variados
temas, oportunizando o seu uso dentro e fora das salas de aula, transformando a maneira de se
transmitir o conhecimento de modo a ensinar de uma forma diversa aos métodos tradicionais. Em
um primeiro momento, o projeto realizou a coleta de informações dos filmes a serem exibidos
durante a sua execução, com ênfase em títulos que poderiam colaborar principalmente na formação
de opinião por meio de discussão e reflexão, além do conteúdo multidisciplinar, buscados em
questões de vestibulares e o ENEM. Muito embora no plano teórico o projeto obteve grande
sucesso, no campo prático ele enfrentou uma série de dificuldades que comprometeram diretamente
seu desenvolvimento e sua execução, dificultando assim, o acesso ao público-alvo e aos diretamente
interessados. Vale ressaltar que, as dificuldades encontradas estão diretamente ligadas à maneira
como as instituições públicas de ensino enxergam este tipo de projeto. A burocracia, aliada a uma
falta de cooperação, prejudicou demasiadamente a execução e os resultados, interferindo
diretamente em seu resultado final. O desafio deste projeto e de novos que virão a ser elaborados
estará ligada à construção de pontes entre a sociedade e Universidade, além do estreitamento nas
relações entre estas duas figuras fundamentais na estruturação de uma sociedade saudável, seja ela
por meio de parcerias ou na cooperação mutua, para que se possa atingir melhores resultados e
trazer uma resposta satisfatória à comunidade, a qual espera a contribuição da Universidade na
formação de seus cidadãos, cumprindo-se assim seu papel social.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.