JOGOS COMO FERRAMENTA PARA O TRABALHO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

Elisangela da Silva Dantas, Rosangela Nascimento de Oliveira, Maria Gládis Sartori Proença

Resumo


Este trabalho apresenta as atividades realizadas pelas acadêmicas do Curso de Pedagogia da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência (Pibid), realizada na Escola Estadual Abigail Borralho localizada na cidade de Dourados/MS. Participaram uma turma de Terceiro ano do Ensino Fundamental, com idades entre nove e treze anos. Direcionamos o trabalho para os alunos que apresentavam dificuldades em leitura e escrita, e aqueles que ainda não estavam alfabetizados. A experiência refere-se a um trabalho desenvolvido na área de alfabetização e letramento que envolveu jogos. Objetivou-se proporcionar atividades envolvendo a alfabetização e o letramento em que as crianças pensassem e desenvolvessem estratégias de leitura e escrita. Para alcançar os objetivos, primeiramente realizamos estudos sobre o processo de aprendizagem da escrita. Posteriormente planejamos as atividades e as colocamos em prática. As crianças trabalharam em grupos e desenvolveram atividades com jogos. Segundo o referencial adotado, o trabalho com jogos com e sobre a linguagem, possibilita importantes aprendizagens. Os alunos foram convidados a construir histórias a partir de imagens e logo após registrá-las, identificar palavras, analisar as rimas e as partes sonoras iguais e diferentes que compõem as palavras. As atividades tiveram duração de aproximadamente um mês, dentro de um cronograma para um ano de trabalho com o projeto. No decorrer do processo, as atividades foram registradas em um diário de campo, com as aprendizagens das crianças e os objetivos alcançados. Como resultado, as crianças fizeram relações entre a oralidade e a escrita, produziram histórias e com isso criaram estratégias de escrita, como também perceberam a estrutura de um texto (começo, meio e fim). Concluímos que este trabalho foi significativo, pois contribuiu para as bolsistas como professoras em formação, e para os alunos que puderam vivenciar atividades de alfabetização e letramento significativas, onde puderam refletir e aprender as questões que envolvem a escrita.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.