LIXO ELETRÔNICO: UMA ABORDAGEM PARA O ENSINO MÉDIO

Sarah Dyanne de Souza Ancina, Juliana R. Ferraz, Margareth Batistote, Maria Bruna de Souza

Resumo


O lixo tecnológico ou eletrônico possui uma grande quantidade de substâncias químicas prejudiciais ao ambiente e ao homem. Os equipamentos eletrônicos possuem vários materiais nobres (ouro, platina, cádmio, cromo entre outros elementos químicos) e que acaba indo parar no lixo, podendo contaminar a água e solo, vindo a contaminar o meio ambiente. Neste contexto o estudo visou levar aos alunos da rede pública de ensino de Dourados a importância do lixo eletrônico e os danos causados ao meio ambiente, bem como propiciar os acadêmicos do curso de química licenciatura o contato direto com os alunos e promovendo uma maior atuação do futuro profissional da área da química no meio educacional. Durante o desenvolvimento da práxis acadêmica foi realizado um levantamento bibliográfico sobre o tema proposto para a elaboração das palestras e de um banner a ser utilizado como material didático. A palestra abordou os impactos causados no meio ambiente pelos metais pesados que contém no celular, a importância de abordar esse tema e qual seria a resposta para essa problemática mundial. O tema é de extrema importância de ser abordado uma vez que esta dentro dos temas transversais da química ambiental, já que cada vez mais é necessário pensar em sustentabilidade, pois a forma de descarte e tratamento desses materiais tem sido de forma incorreta e gerando impactos ao meio ambiente. A atividade foi realizada na Escola Estadual Menodora Fialho de Figueiredo – Dourados – MS, com os alunos do ensino médio do período noturno. A ação de ensino voltada para a realidade escolar nos permitiu aplicar os conhecimentos teóricos obtidos em sala de aula e possibilitou a desenvolver habilidades profissionais que nos enriquece e aprimora na formação profissional, uma vez que a realidade de sala de aula deve ser sempre vivenciada. Nos Cursos de Licenciatura em Química é importante ter este tipo de atividade, faz com que o acadêmico seja capaz de interagir no cotidiano escolar e ter a oportunidade de conhecer o seu futuro ambiente de trabalho, bem como aperfeiçoar suas metodologias de ensino. Com base que através do ensino de química podemos transmitir conhecimentos a respeito do lixo eletrônico, observamos que a ação foi positiva, notamos o quão é importante e preciso levar projeto de ensino para as escolas buscando conscientizar os alunos, promovendo a participação dos futuros profissionais da área da química, além de oportunizar um contato direto com os alunos e comunidade escolar.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.