ATIVIDADE LÚDICA COM JOGO DE CARTAS DA TABELA PERIÓDICA PARA ALUNOS DO ENSINO MÉDIO

Silas Helede de Carvalho, Wagner Antonio Farias Doncev, Karoline Figueira Cruz, Giovana Silva Lima, Lucry Marcos Mathias da Silva Filho, Micheli dos Santos Souza

Resumo


Para muitos alunos a passagem do Ensino Fundamental para o Ensino Médio pode ser intimidadora, principalmente em relação às novas disciplinas. Entre elas, a Química normalmente sempre apresenta maior dificuldade por parte dos alunos na compreensão do conteúdo por, às vezes, ser muito abstrato, especialmente quando se trata da tabela periódica. Nesse sentido, foi elaborado um jogo de cartas para ajudar na familiarização dos elementos e das propriedades da tabela periódica que é parte fundamental na construção do conhecimento de química. O jogo em questão, chama-se Baralho Químico da Tabela Periódica, ele apresenta 92 cartas que estão divididas nas cores azul para os metais de transição e representativos, vermelha para os metais alcalinos e alcalinos-terrosos, verde para os não metais e branco-preto para o hidrogênio. As cores ajudarão os alunos a localizar os elementos químicos na tabela periódica que será entregue uma para cada jogador, na qual apresenta três propriedades periódicas que são a eletropositividade, eletronegatividade e densidade. No mínimo podem participar 2 pessoas no jogo e no máximo 6 desde que se formem dois grupos que alternem os lugares entre oponente e aliado. Esse jogo será aplicado na forma de uma aula dinâmica para alunos do primeiro ano do Ensino Médio da Escola Estadual Antônio Fernandes. O objetivo do jogo é marcar 2 pontos usando uma das três propriedades da tabela periódica que foi apresentada. São distribuídas três cartas para cada jogador, cada carta contém um elemento químico em que o jogador deverá escolher entre eles o que tem a propriedade periódica (densidade, eletropositividade e eletronegatividade) mais forte. O jogo se divide em duas rodadas e uma revanche em caso de empate. Cada propriedade periódica só pode ser escolhida uma por rodada e usada apenas uma vez. Ganha aquele que vencer duas rodadas. Como resultado dessa atividade, além dos alunos terem se apropriado do conhecimento, notou-se posteriormente uma maior familiarização em relação a tabela periódica e suas propriedades nas aulas. Os alunos mostraram-se baste satisfeitos com a atividade e mais interessados pela química. Com base em toda essa experiência, conclui-se que o uso de aulas interativas, são necessárias para desconstruir os equívocos que os alunos criam sobre determinados conteúdos, nesse caso, sobre a tabela periódica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.