GÊNERO TEXTUAL COMO OBJETO DE ENSINO: POESIA EM SALA DE AULA

Gilvania Ferreira Santos Baltar, Regiane Francisco Lili, Neide Araujo Castilho Teno, Aline Morales Moreti

Resumo


O gênero textual poesia pode contribuir para o ensino da oralidade e da escrita dos alunos, pois oferece uma gama de palavras que apresentam linguagem conotativa, rimas, sonoridade. Outro ponto importante é pensarmos que estamos vivenciando um momento histórico, político social, que tem exigido mudanças na prática dos professores na construção do ensino em sala de aula. A proposta que ora desenvolvemos está relacionada com o ensino de língua portuguesa, sob título “Gênero textual como objeto de ensino: poesia em sala de aula”. O relato para esta apresentação trata de uma experiência de trabalho que foi desenvolvida no primeiro semestre de 2017, em uma escola pública, articulado ao subprojeto PIBID/CAPES/UEMS. O PIBID é um programa de incentivo e valorização do magistério e de aprimoramento do processo de formação de docentes para a educação básica e tem sido uma maneira, de nos acadêmicos inserir no campo de trabalho, apoiando a escola do ensino fundamental. O público alvo foi uma turma do 6º ano, do ensino fundamental e, as ações foram executadas junto com a professora regente da sala de aula. O objetivo do projeto foi o de proporcionar ao aluno leitura de poesias visando a aprendizagem da expressividade, rimas, formas, versos, linguagem denotativa e conotativa. A metodologia utilizada foi leitura e produção textual, de maneira colaborativa com a professora regente, roda de leitura, declamação de poemas. Foram utilizadas as poesias do livro didático, bem como o roteiro de análise e produção textual presentes no livro. As ações desenvolvidas permearam leitura individual coletiva, trabalho em grupo, leitura jogralizada culminando com uma produção de poemas e exposição das atividades realizadas, apresentação das poesias em formato de mural. Para efetivação das ações envolvemos materiais como: textos impressos, livros, caderno das Olimpíadas de Língua Portuguesa, entre outros. Como conclusão podemos mencionar da importância do estudo do gênero poesia e a necessidade de investir em ações com outros gêneros, para desenvolver a linguagem oral e escrita. As correções que realizamos nas poesias contribuíram para nossa aprendizagem enquanto iniciação à docência. A proposta para o segundo semestre será o trabalho com outros gêneros textuais, e possível exposição de varal de produção textual.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.