A Comercialização de Frutas, Legumes e Verduras em Supermercados: uma análise no território fronteiriço Brasil-Bolívia.

Anderson Luis do Espírito Santo

Resumo


A comercialização de produtos agrícolas no Brasil, embora os avanços alcançados nos últimos anos em termos de políticas públicas voltadas especificamente para a agricultura familiar (AF), ainda possui inúmeros entraves que dificultam o seu pleno desenvolvimento. Apesar da existência de vários canais varejistas muitos consumidores optam pelos supermercados na hora de comprar frutas, legumes e verduras (FLV).  Em Corumbá-MS, o comércio de FLV apresenta características particulares que impactam a economia, a cultura e a sociedade. A presença marcante dos bolivianos neste cenário (re)cria um território singular, com impressões resultantes da socialização fronteiriça, carregada de narrativas e símbolos sociais muito particulares. Dessa forma, este estudo tem por objetivo analisar como ocorre a comercialização de frutas, legumes e verduras nos supermercados de Corumbá-MS. Os resultados mostram, a partir de uma abordagem qualitativa, pela finalidade exploratória-descritiva, que a AF sempre esteve presente, nos dois lados da fronteira, e se mostra como uma atividade rural importante no sistema de abastecimentos da cidade. Os bolivianos têm uma participação histórica e fundamental no abastecimento de Corumbá. E os supermercados locais precisam unir forças para driblar os principais entraves que atingem suas atividades.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.